top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Vinnie Vincent apresenta o vocalista Scott Board e mostra novo álbum a fãs

Cantor participará de futuras atividades com o guitarrista, mas “Judgement Day (Guitarmageddon Pt. I)” foi gravado por Robert Fleischmann




Nos últimos dias 19 e 20 de maio, o guitarrista Vinnie Vincent realizou um evento fechado para fãs no Starstruck Entertainment Studio em Nashville, Tennessee. Quem se dispôs a pagar US$ 500 por uma entrada pôde conferir em primeira mão “Judgement Day (Guitarmageddon Pt. I)”, novo álbum do músico.





O trabalho ainda não tem data de lançamento confirmada. Porém, se sabe que o instrumentista contou com o vocalista Robert Fleischman, membro original do Vinnie Vincent Invasion – além de frontman do Journey por um breve período antes da entrada de Steve Perry.


Na ocasião, Vincent também apresentou o vocalista que irá acompanhá-lo nas próximas atividades profissionais. Scott Board possui uma carreira de quase 40 anos, tendo cantado em bandas do underground hard/heavy como Cerebus e Dimage. Também se apresenta com o Still of the Night, que como o nome denuncia, é um tributo ao Whitesnake.


Em suas redes sociais, Vinnie declarou:


“Foram três anos de produção, com performances empolgantes de meu amigo Rob Fleishman. Parecia VVI #1 novamente. Ainda há mais uma sessão de ajustes em estúdio que preciso concluir para aumentar um pouco os níveis vocais em todas as músicas. Depois é só mandar para a fábrica de discos e prensar. Serão pelo menos 6 meses para a produção do vinil. Mas o momento de maior felicidade foi tocar algumas de minhas canções favoritas com meu novo cantor Scott Board.”





Sobre Vinnie Vincent


Nascido em Bridgeport, Connecticut, Estados Unidos, Vincent John Cusano começou a carreira tocando com o cantor Dan Hartman, além de bandas como Treasure, Hunter, Warrior, Hitchhikers e Heat (obviamente, não a sueca, que possui pontos entre as letras do nome). Também fez as trilhas para a série televisiva “Happy Days”.


Em 1982 se envolveu com o Kiss durante as gravações do álbum “Creatures Of The Night”. Acabou efetivado como membro, permanecendo até o fim da turnê de “Lick It Up” (1983). Reuniu-se com os colegas como colaborador na fase de composição de “Revenge” (1992).


Na metade dos anos 1980, montou o Vinnie Vincent Invasion, que lançou dois discos. Os outros músicos da última formação seguiram juntos no Slaughter. Lançou um EP solo em 1996, mas passou os anos seguintes longe dos holofotes. Em anos recentes, reapareceu em convenções de fãs e outros eventos relacionados ao Kiss.







0 comentário

Comentarios


bottom of page