top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Turnê do The Cure que virá ao Brasil é eleita a mais quente de 2023

O lendário RobertSmith e seus companheiros ingleses estão apresentando ao público clássicos de sua discografia e músicas do seu tão esperado álbum Songs From a Lost World



O The Cure está atraindo todos os olhares para sua atual turnê, que neste momento está passando pelos Estados Unidos depois de sete anos.


Durante seu retorno “triunfante”, como foi descrito pelo colunista da Rolling Stone Rob Sheffield em um artigo sobre a turnê, o lendário Robert Smith e seus companheiros ingleses estão apresentando ao público clássicos de sua discografia e músicas do seu tão esperado álbum Songs From a Lost World, que ainda não ganhou uma data de lançamento.





Impressionado com a admiração do público e o talento demonstrado nos palcos pela banda que há 40 anos canta o hit “Boys Don’t Cry”, Sheffield declarou sobre Smith:


Para um gênio torturado que costumava ser uma das figuras mais divisivas da música, ele realmente prospera no papel de um ancião universalmente querido, a tia gótica excêntrica favorita de todos. Estranho como anjos, perfeito como gatos, mas sempre ele mesmo.

Continua após o vídeo


The Cure




O artigo destaca que longevidade não parecia ser algo que iria acompanhar a banda de Robert Smith. Isso porque solidão, morte e ameaças de deixar o mundo da música sempre estavam presentes nos assuntos abordados pelo The Cure.





Quando o grupo lançou seu álbum de maiores sucessos de 1986, Standing on a Beach, um estudioso apontou que Smith já havia morrido 74 vezes em suas letras. Além disso, o vocalista diversas vezes deixou seus fãs preocupados ao dizer que determinado disco seria o último da carreira da banda.


Porém, para a felicidade de muitos, isso não aconteceu e, como definido por Rob, os integrantes do The Cure são “os sobreviventes mais improváveis do rock” e estão comprovando isso com sua atual turnê.


Além disso, como já falamos anteriormente, a banda britânica tem encantado seus fãs com suas performances mais recentes que apresentam o vocalista de 64 anos com uma voz poderosíssima, entregando para a multidão faixas inéditas e raridades como aconteceu no show de estreia da perna norte-americana da excursão.





Reforçando todo o talento de Smith como um icônico frontman, a turnê ainda permitiu que o público conhecesse o lado mais firme do músico em defesa de seus fãs enquanto ele se manifesta e age contra os preços dos ingressos cobrados pela Tickmaster.



The Cure no Brasil


Com o embate do líder do The Cure com a empresa especializada em venda de ingressos, é possível que o show da banda no Brasil, quando confirmado, seja um dos mais acessíveis do ano.


Apesar de não ter sido oficialmente divulgado, Robert Smith garantiu aos fãs brasileiros que a turnê Songs From a Lost World irá passar pelo país ainda este ano. Enquanto isso, você pode conferir mais alguns momentos sensacionais dos shows do The Cure.








0 comentário

Yorumlar


bottom of page