top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Slayer: segundo Gary Holt, a banda acabou, não haverá reunião

Na opinião do guitarrista do Exodus, Gary Holt, não haverá reunião do Slayer.


Segundo o site Mundo Metal, o músico, que passou os últimos anos do Slayer no line-up, substituindo Jeff Hanneman, falou sobre possibilidade da banda voltar enquanto realizava um workshop de guitarra na última segunda-feira (17 de julho) no Pitbull Audio em National City/CA.



(SLAYER / Divulgação / Facebook / Slayer: a banda acabou, segundo Gary Holt, não haverá reunião)

Sobre a possível reunião do Slayer, Holt disse:

“Ah, cara, você tem que falar com os outros membros. Isso está fora da meu alcance. Olha, se alguém me convidasse para isso, é claro que eu estaria disposto a fazê-lo. Mas não acho que isso vá acontecer. Acho que a banda acabou. Ao contrário de todas as outras turnês de despedida que começaram há cinco anos e ainda continuam, acho que essa acabou mesmo.”


Sobre como foi estar na estrada com o Slayer como parte da última turnê em 2018 e 2019, ele disse:

“Foi totalmente divertido. Quero dizer, foi a última turnê. Foi muita diversão. Tentamos não pensar nisso de uma forma estranha, tipo, ‘É o fim.’ Eu realmente nunca pensei que era o fim até a última nota dos dois shows finais. Meio que me dei conta, depois. Mas foi muito boa. Vou me lembrar daquela turnê para sempre. Foi incrível pra caralho.”




0 comentário
bottom of page