top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Skid Row: “sempre estivemos no topo das coisas'' diz Rachel Bolan sobre o mercado da música


Em uma nova entrevista concedida para o programa “Tom & Dan“, o baixista do Skid Row, Rachel Bolan, foi questionado sobre os músicos se tornarem mais profissionais nas últimas décadas como resultado da mudança, reinvenção e reformulação dos serviços de streaming e da música em geral.


Ele respondeu com uma visão bastante interessante sobre o assunto, veja:

“Bem, não posso falar por ninguém além de nós. na verdade, Sempre estivemos no topo das coisas em termos de negócios. Mesmo antigamente, sempre perguntávamos tudo sobre o funcionamento do negócio.”
Eu sempre digo para as bandas promissoras quando elas me perguntam algo do tipo, ‘O que eu preciso saber?’. E eu sempre digo: ‘Não tenha medo de fazer perguntas, porque essas pessoas que fazem parte da gestão estão trabalhando para você . Elas estão ajudando você, mas estão trabalhando para você, então você tem todo o direito de fazer todas as perguntas. você tem o direito de saber onde cada centavo seu está indo.”

“Então, nós sempre ficamos por dentro de coisas assim no skid row. E quanto mais velhos ficamos, e com isso eu quero dizer que há uma nova experiência que você aprende quase todos os dias e você está lidando com uma situação diferente quase todos os dias, então você tem que ficar por dentro de tudo e trabalhar de perto com as pessoas que estão montando shows, no caso, seus agentes, seu empresário, seus contadores e tudo mais, seus promotores, enfim, todos que fazem parte da engrenagem. E há muito envolvido nisso, mas é importante que as bandas prestem atenção a esse lado, porque se você não fizer isso, um dia, talvez daqui dois anos, você pode ficar perdido, tipo, ‘Ok, onde fica isso?’. E vão te responder, ‘Você deveria ter me perguntado isso há dois anos. Já era agora’. seja lá o que for, você terá perdido.”

Confira a entrevista completa no canal do Youtube:



0 comentário

Comments


bottom of page