top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Site americano coloca Eloy Casagrande (Sepultura) entre candidatos a baterista do Slipknot


Imagens: Reprodução/Divulgação


A saída do baterista de longa data Jay Weinberg do Slipknot aparentemente não foi nada amigável, mas os fãs e a imprensa já estão pensando no futuro da renomada banda de Nu Metal – e o brasileiro Eloy Casagrande pode estar nesse horizonte.


O portal americano Metal Injection, um dos mais importantes voltados para o Heavy Metal nos EUA, preparou uma lista com sete bateristas que poderiam assumir o posto e incluiu o músico que atualmente está no Sepultura.


O site reconheceu que Eloy está empregado e em plena atividade com a lendária banda brasileira de Metal, mas considerou que no Slipknot o baterista poderia atingir outro nível “mais violentamente agressivo”. Concorda?


A reportagem ainda lembra que, por enquanto, a banda liderada por Corey Taylor não tem nenhum show marcado até o festival Sick New World em abril de 2024, tempo suficiente para escolher o substituto de Jay Weinberg com calma.


Eloy Casagrande no Slipknot?


Ao lado do músico do Sepultura, a Metal Injection colocou nomes como Jeramie Kling, que acabou de deixar o Venom Inc. e já foi até apontado por fãs na internet como “baterista secreto” do Slipknot.


O portal ainda citou o austríaco Kerim Lechner (Decapitated, Septicflesh), que chegou a ser cogitado após a saída de Joey Jordison, e até Domino Santantonio, instrutora do canal Drumeo que te mostramos por aqui aprendendo “Before I Forget” de primeira.


Vale lembrar que, em 2022, Eloy Casagrande concorreu com Jay Weinberg para melhor baterista de Metal do ano e acabou perdendo. Será que o caminho do brasileiro vai se cruzar com o do Slipknot novamente?


O que aconteceu com Jay Weinberg?


No dia 5 de novembro o Slipknot anunciou de forma repentina a saída de Jay Weinberg, que estava na banda desde 2014 e gravou todos os discos desde .5: The Gray Chapter até o EP Adderall deste ano.


Quase 10 dias depois do desligamento o baterista disse que ficou “desolado e surpreso” com a notícia, que recebeu na madrugada do dia 5. O Slipknot disse apenas que a demissão de Weinberg se deu por uma “vontade de continuar evoluindo”.




0 comentário
bottom of page