top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

RPM volta ao disco após três anos e lança o single 'Sem parar'



Por mais que seja difícil dissociar o grupo RPM da imagem e da voz do cantor Paulo Ricardo, a banda paulistana segue em cena com Luiz Schiavon (teclados) e Fernando Deluqui (guitarra) – integrantes da formação clássica do quarteto – e volta ao disco com o single Sem parar, posto em rotação na sexta-feira, 10 de março, via Ditto Music.


O grupo é integrado atualmente por Schiavon e Deluqui com Dioy Pallone – no RPM desde junho de 2018 como baixista e também no posto de vocalista, dividido com Deluqui – e Kiko Zara, substituto do baterista Paulo Pagni (1º de junho de 1958 – 22 de junho de 2019), o P.A., morto há quatro anos.


É com essa formação que banda eterniza Sem parar, música até então inédita em disco, mas apresentada pelo RPM em live feita durante a pandemia e já tocada pelo grupo em shows pelo Brasil.


A composição é de autoria de Luiz Schiavon em parceria com Fernando Deluqui, tendo sido gravada com produção musical de Tadeu Patolla. O single Sem parar é o primeiro do RPM desde Ritual (2020), editado há três anos.





0 comentário

Comentários


bottom of page