top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Guns N’ Roses cancela de vez show em St. Louis e Axl Rose se manifesta


Foto: Katarina Benzova


O Guns N’ Roses cancelou em definitivo o show que faria em St. Louis, Missouri, Estados Unidos. A apresentação estava originalmente marcada para o dia 9 de setembro e foi adiada sob alegação de problemas de saúde de um integrante da banda não especificado. Inicialmente, a promessa era reagendar para o futuro. Porém, a ideia foi abandonada.


Inicialmente, alguns fãs ressaltaram que o vocalista Axl Rose já vinha declarando não estar se sentindo bem durante concertos anteriores. Porém, também houve a especulação de que a venda de ingressos não teria sido satisfatória, com 25 mil entradas adquiridas de 40 mil disponibilizadas.





Diz o e-mail enviado a quem comprou tíquetes, compartilhado no Reddit (via Loudwire):

“Os organizadores do evento trabalharam diligentemente pela remarcação, mas infelizmente não conseguiram encontrar uma nova data que se adequasse à agenda. Pedimos desculpas pelo inconveniente e agradecemos sua paciência enquanto tentamos encontrar uma alternativa.”

Sem entrar em detalhes, Axl publicou a seguinte mensagem nas redes sociais:

“Eu, assim como a banda, estamos realmente chateados por termos sido forçados a cancelar nosso show em St. Louis. A história, as memórias, o retorno e compartilhar esse vínculo com nossos fãs. É uma m*rda!”

O próximo show acontece neste sábado (23) em Kansas City, também no Missouri.


Guns N’ Roses e St. Louis

Vale lembrar que o Guns N’ Roses não tem um bom histórico com St. Louis. Um concerto realizado em 2 de julho de 1991 no extinto anfiteatro Riverport, localizado na cidade no estado americano de Missouri, acabou em confusão. Axl Rose se irritou com um fã na plateia que tirava fotos sem autorização, partindo para o confronto – e dando fim à apresentação na metade do repertório.





Após dar um tapa no rosto de um homem na plateia – ao que tudo indica, não era o mesmo que tirava as fotos -, Axl retornou ao palco e anunciou:

“Bem, graças à segurança de m*rda, estou indo para casa.”

O show foi encerrado ali. Entra, em cena, uma confusão generalizada que deixou feridos e muitos prejuízos. Rose jurou nunca mais voltar à cidade depois de responder a diversos processos e ser multado, em um caso que se arrastou na mídia americana por algum tempo. Acabaram retornando somente em 2017 — desta vez, sem tumulto.


A situação de 1991 resultou em pelo menos 75 feridos, 13 prisões e cerca de US$ 200 mil em danos à casa de shows, que havia sido inaugurada pouco tempo antes. Estima-se que 3 mil dos 15 mil fãs presentes participaram da confusão.


O vocalista foi alvo de quatro acusações de contravenção e uma de danos materiais. Um juiz determinou que ele deveria pagar US$ 50 mil a cinco instituições de caridade. Ele também encarou ações judiciais de pessoas que estavam na plateia e do próprio anfiteatro.










0 comentário

Comments


bottom of page