top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Ghost: “esta é a verdadeira essência do mal, enganar as pessoas” diz Tobias Forge sobre as religiões



O tema religião é sempre controverso. Principalmente, para quem possui algum tipo de crença enraizada em seu íntimo, é ainda mais difícil separar o que é uma crítica e o que é mera perseguição descabida. Independente de como as pessoas tratem este assunto em suas vidas particulares, a religião sempre foi um dos temas mais abordados por bandas de Rock e Heavy Metal. Seja na forma de idolatria (como no White Metal), seja em forma de denúncia e contestação (como vimos em diversas letras de bandas de Heavy e Thrash) ou como uma forma de se posicionar contra a qualquer tipo de fé baseada em dogmas cristãos (os exemplos óbvios são o Death e o Black Metal).


O Ghost é uma banda que, apesar de não ter o Metal como essência, baseia seu Occult Rock teatral em cima de temas pesados ligados a religiosidade. As críticas, menções e acontecimentos expostos no conteúdo lírico e performático do grupo sempre causaram polêmica. Apesar disso, sabemos que a polêmica, a capacidade de chocar as pessoas e o enfrentamento, sempre fizeram parte do DNA do Rock. Talvez por isso, a banda não parece que pretende mudar uma vírgula desta abordagem.


Em uma nova entrevista concedida ao The Music, da Austrália, Tobias Forge, líder, vocalista e principal compositor do Ghost, contou sobre sua relação pessoal com uma das músicas de seu mais novo EP de covers, ‘Phantomime’, que será lançado no próximo dia 18 de maio.



Comentando sobre a faixa ‘Jesus He Knows Me’, originalmente gravada pelo Genesis, que possui uma letra que satiriza o evangelismo televisionado americano de algumas décadas no passado, Tobias disse o seguinte:

“É fácil não rir da precisão com que Phil Collins escreveu uma letra que dez anos atrás parecia estar datada, até mesmo desatualizada, e agora parece tão contemporânea e importante novamente. Quando começamos a turnê pelos Estados Unidos, muitas vezes me perguntaram: ‘Você tem algum problema com os fundamentalistas cristãos ou algo do tipo?’, e Eu respondia, ‘Não, nunca tive’, Tipo, parece haver uma espécie de subcorrente dessas coisas ali. Eu não percebi nada, estávamos em todos os lugares, mesmo quando estávamos no sul, e Minha impressão dessas cidades foi simplesmente que são maravilhosas. muitas das pessoas legais que vêm para os shows de rock são super amigáveis e tudo é simplesmente ótimo E então, obviamente, nos últimos cinco ou seis anos, as pessoas continuam as mesmas, ainda sinto que estão no mesmo clima. Mas obviamente e paralelamente a isso, existe esse culto completo à Terra Plana, parece que começaram a jogar a toalha, mas Não sei qual é o objetivo deles”

Foto:Ghost EP Phantomime


Sobre o fato de muitos pastores pedirem dinheiro em troca de bênçãos, Forge continua:

“Não posso deixar de enfatizar o fato de que os seguidores são pessoas que não sabem nada. Tenho pena deles, eles estão sendo usados e humilhados e os líderes estão apenas os explorando completamente. A troca deveria ser: ‘Dê-me dinheiro e eu lhe darei o seu passado de volta’. Olha, eu sou uma pessoa nostálgica. Eu gostaria que fosse 1985 de novo, acredite em mim. Mas se alguém viesse a mim e dissesse: Se você me pagar $1 ou $10, sabe, qualquer quantia que você possa dispensar no momento, e eu lhe darei 1985 de volta, eu saberia que é uma mentira. essa pessoa está obviamente mentindo. obviamente essa pessoa está me dizendo algo que não é verdade. Mas o mundo é assim agora. Você nunca alcança o status quo. Infelizmente, o pêndulo oscila e às vezes você está na merda e às vezes no lado oposto, é assim que sempre foi. Essa é a coisa horrível sobre a merda que eles estão tentando vender para você, especialmente, quando eles estão tentando vendê-la como uma espécie de sanduíche religioso, porque eles estão dizendo que o mundo é linear e o tempo é linear. Neste caso, eles estão falando sobre o céu ou o inferno. Não é assim que realmente funciona. Tudo o mais neste mundo é circular. Então, por que isso também não seria circular? Essa é a verdadeira essência do mal, enganar as pessoas para que acreditem em algo a fim de obter algo e tentar vender-lhes a salvação.”






0 comentário

Comments


bottom of page