top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Ex-baterista do Nine Inch Nails revela bastidores de “Hurt” e celebra versão de Johnny Cash


Foto: Reprodução

 

Em 1994, no emblemático disco The Downward Spiral, o Nine Inch Nails lançou a faixa “Hurt”; para a surpresa de muitos, oito anos depois, a música ganhou uma versão icônica gravada pelo saudoso Johnny Cash.


A regravação lançada em 2002 ganhou uma interpretação completamente pessoal e melancólica, que foi acompanhada de um clipe marcante mostrando o caminho de Cash, suas conquistas, glórias, e como ele se encontrava no fim da vida.


A canção, produzida por Rick Rubin, aparece no disco American IV: The Man Comes Around, lançado em 05 de Novembro daquele ano, menos de dez meses antes do falecimento de Johnny.


Ex-baterista do Nine Inch Nails relembra o sucesso “Hurt”


Na época do lançamento da faixa original, o baterista do Nine Inch Nails era Chris Vrenna.

Em uma entrevista recente ao 101 WRIF (via Alternative Nation), o músico compartilhou os bastidores de “Hurt” e revelou como foi ouvir a música sendo interpretada por Johnny Cash:

Fiquei chocado quando ouvi pela primeira vez porque já estava fora da banda há algum tempo quando ouvi pela primeira vez o lance do Johnny Cash. Foi meio estranho para mim porque trouxe de volta muitas lembranças.

Lembro-me de quando fizemos ‘Hurt’. ‘Hurt’ foi a última música adicionada ao álbum [‘The Downward Spiral’]. Trent achou que precisava de mais alguma coisa e estava brincando com a ideia do piano. Já estávamos fora da casa da [Sharon] Tate, de malas prontas, nos preparando para a turnê. E fomos para o estúdio naquela noite. Lembro-me de cantá-la.


E eu e Sean [Beavan], que fizemos grande parte da engenharia [de som], estávamos ambos chorando. Nós pensamos, ‘Sim. Isso é uma música’.Então, trouxe de volta todas aquelas lembranças, que eram meio melancólicas e tristes. E eu simplesmente pensei que era uma bela versão disso. Eu sei que ele estava fazendo muitas covers assim naquela época. Ele fez ‘Personal Jesus’, ‘Rusty Cage’ e ‘Hurt’. 


Vrenna, que deixou o Nine Inch Nails em 1996, hoje em dia é professor na Universidade de Michigan. Na conversa, o baterista também compartilhou sua opinião sobre a música Country moderna, destacando o quanto Cash era diferente do que ouvimos hoje em dia:

Não sou fã de música Country, nem me fale. Tudo desde Garth Brooks tem sido lixo. Mas Johnny, isso é música Country. Ele e Conway Twitty, Loretta Lynn e Hank [Williams]. O Hank original, não o Hank Jr. Esse tipo de coisa. Então, quando ouvi [a versão de ‘Hurt’], pensei, ‘Uau, cara, que ideia maluca fazer isso’. 

Vale lembrar que a letra de “Hurt”, faixa de encerramento de The Downward Spiral, aborda uma história complexa sobre um indivíduo que passa por diversos problemas pessoais.


Além dos versos potentes, a união entre a sonoridade minimalista e poderosa com os vocais marcantes de Reznor fez com que a faixa se tornasse uma das preferidas dos fãs.


Ouça a seguir tanto a versão do Nine Inch Nails quanto a de Johnny Cash para “Hurt”!





0 comentário

Comments


bottom of page