top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Eric Clapton doa renda de show para causa Palestina e toca guitarra com bandeira do país


Reprodução/Twitter

 


Eric Clapton nunca deixa de nos surpreender — positivamente ou negativamente. Nesse caso, não estamos falando dos solos incríveis dessa lenda da guitarra, e sim de seus posicionamentos políticos que acabam de ganhar um capítulo sobre o conflito entre Israel e a Palestina.


O músico britânico, que virá ao Brasil em 2024, fez um show privado em Londres na última semana que teve a renda revertida para a organização Medical Aid For Palestine, que oferece serviços de saúde a civis afetados pela guerra na Faixa de Gaza.


Durante o show, Clapton usou em alguns momentos uma guitarra estampada com a bandeira da Palestina, como mostrou o perfil de Robin Monotti no Twitter. Há alguns dias, o guitarrista também publicou um vídeo pró-palestinos no Instagram (veja aqui).



Eric Clapton se posiciona a favor da Palestina

O posicionamento, que pode ser considerado progressista, é uma surpresa vindo de um artista que é abertamente antivacina e defendeu o fim da quarentena durante a pandemia de COVID-19. Em setembro deste ano, inclusive, Clapton se envolveu na campanha de um candidato negacionista à presidência dos Estados Unidos.


Em meados dos anos 1970, vale lembrar, Clapton precisou voltar atrás após disparar ofensas racistas e xenofóbicas durante um show em Birmingham que acabou motivando a criação de uma organização no Reino Unido chamada Rock Contra o Racismo.


Até por isso, viralizaram algumas publicações nas redes sociais que viralizaram com opiniões divididas sobre Eric e suas atitudes. “Imagine ser tão ruim a ponto de até Eric Clapton se posicionar contra você”, escreveu um usuário, enquanto outro destacou que “odeia” o guitarrista mas precisa “lhe dar os parabéns” pela escolha da guitarra.


Veja algumas postagens sobre o tema ao final da matéria!



Eric Clapton virá ao Brasil em 2024

Aos 78 anos, Eric Clapton é considerado uma das maiores lendas vivas da guitarra e é o único músico que já foi introduzido ao Hall da Fama do Rock por três projetos diferentes: sua carreira solo, o Cream e o Yardbirds.


O guitarrista virá ao Brasil em setembro de 2024 para shows em Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo, marcando seu retorno ao país pela primeira vez desde 2011. Os shows terão abertura do ótimo Gary Clark Jr.







0 comentário

Comments


bottom of page