top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Eric Clapton anuncia tributo a Jeff Beck com diversos artistas.


Aos 78 anos, Jeff Beck morreu em decorrência de meningite bacteriana, em janeiro de 2023.


Aproximadamente dois meses após a morte de Jeff Beck, Eric Clapton anunciou como fará tributo ao lendário guitarrista com participação de diversos outros artistas. A revelação, publicada nas redes sociais, também foi feita por Sandra Cash, viúva do músico.


A série de homenagens acontecerá no Royal Albert Hall, casa de espetáculos situada no Reino Unido, nos dias 22 e 23 de maio de 2023. O evento promete "honrar a memória e a arte" de Beck, morto no dia 10 de janeiro, em decorrência de meningite bacteriana, aos 78 anos.


Como dito nas redes sociais, Eric Clapton chamou "colegas e amigos" para o tributo. Alguns desses artistas são Rod Stewart, Joss Stone, Johnny Depp, Billy Gibbons, Imelda May, entre outros. Outros nomes ainda serão anunciados.


Veja os que foram revelados abaixo:


Doyle Bramhall

Eric Clapton

Gary Clark Jr

Johnny Depp

Billy Gibbons

Imelda May

John McLaughlin

Robert Randolph

Olivia Safe

Rod Stewart

Joss Stone

Susan Tedeschi

Derek Trucks.


Como NME reportou, o lucro das duas datas do tributo será doado ao Folly Wildlife Rescue, instituição de caridade dedicada ao resgate e reabilitação de animais e pássaros selvagens feridos, sem lar e angustiados, que fica em Royal Tunbridge Wells, cidade da Inglaterra.



O dia em que Eric Clapton deu conselho valioso a Jeff Beck sobre não gostar de cantar


Durante entrevista à Total Guitar em 2016 (resgatada pelo Showbiz Cheat Sheet), Beck fez um grande retrospecto sobre a carreira dele - e relembrou como encontrava dificuldades no processo musical, até Clapton revolucionar o modo como ele pensava como artista.


"É tão difícil porque eu não cantava," afirmou na conversa. "Eric disse, e foram palavras de grande sabedoria: 'Acostume-se com o fato de que você odeia sua voz, porque eu odeio. ' E eu o respondi: 'Mas você parece bom, eu pareço insuportavelmente ruim. Detesto isso. Eu nunca iria gostar mesmo se tivéssemos outro single como 'Hi Ho Silver Lining,' eu simplesmente não aguentaria.'".


"Ele explicou: 'Estou lhe dizendo, se você não fizer isso, será difícil.' E foi difícil, mas então eu posso virar e dizer: 'Blow By Blow [disco de 1975], coloque isso no seu cachimbo e fume, cara. ' Mas ele está certo, se eu inventasse uma música e todos a adorassem, isso incutiria confiança automaticamente e eu poderia até gostar de como soava, mas deixar isso sair é mais do que posso suportar," continuou o guitarrista.



0 comentário

Commentaires


bottom of page