top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Brasileira vira alvo de ataque após aparecer em vídeo com Axl Rose



Nos últimos dias, a maranhense Erica Mindegaard tem sido vítima de difamação, racismo e xenofobia na internet após pessoas acreditarem que ela traiu o marido com Axl Rose.


Segundo o site Wikimetal, a história começou quando um vídeo que viralizou mostrava Erica junto ao vocalista do Guns N’ Roses em um bar em Copenhagen, na Dinamarca – assista aqui.



Conhecidos de Erica apontaram que ela estava traindo o marido dinamarquês e posteriormente um site brasileiro afirmou que Erica teria, de fato, traído o marido,

“Em nenhum momento eu disse que tinha afirmado que tinha traído meu marido.


Eu não disse isso. Toda a história foi distorcida e gerou muito desgaste emocional pra minha família, pro meu esposo e meus filhos, assim como na igreja que minha mãe frequenta no Maranhão”, disse Erica.


Após a repercussão do caso, Erica conta que passou a receber, em suas redes sociais, diversos ataques de brasileiros, incluindo mensagens com conteúdo racista e xenofóbico. Seus familiares também foram alvo de ataques, especialmente o marido, chamado de “corno”.



“Meu marido estava comigo no bar, inclusive. (…) Atualmente, se tem foto em família nas minhas redes sociais, há comentários absurdos. Falam coisas como ‘esse é o corno dinamarquês’, de ‘nordestina pobre, que devia voltar’… Emojis de macaco …”, afirmou, ao g1.


“É um pedido de investigação contra todas essas pessoas. Vamos em busca de todas as indenizações para reparar os danos morais e materiais sofridos por ela, acionando a Justiça tanto na esfera cível, quanto na criminal”, contou Erik Moraes, presidente da comissão.



Erica Mindegaard e Axl Rose. Crédito: Arquivo Pessoal/Divulgação







0 comentário

Comments


bottom of page