top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Mingau foi atingido do lado esquerdo da cabeça, diz equipe médica; projétil atravessou o crânio



A equipe médica que acompanha o estado de saúde do baixista do Ultraje a Rigor , Rinaldo Oliveira Amaral, mais conhecido como Mingau, disse nesta terça-feira (5), em coletiva de imprensa em São Paulo, que ele foi atingindo do lado esquerdo da cabeça. O projétil atravessou o cérebro e saiu do corpo do músico.

"O projétil penetrou na caixa craniana na região frontal esquerda, ele não foi retido dentro do crânio, ele provavelmente transfixou e se perdeu no ambiente onde houve o acidente", explicou o neurocirurgião Manuel Jacobsen. "Não havia resíduo do projétil dentro do crânio, é um projétil que teve orifício de entrada e orifício de saída", completou o médico.



Segundo o especialista, a área afetada é responsável por algumas funções motoras, de linguagem e da visão. Por conta disso, já na própria UTI, alguns cuidados pra evitar complicações neurológicas, em termos de fisioterapia motora, de fisioterapia respiratória, são adotados.


O estado de saúde o artista é grave.

"É uma condição grave, mas nós temos que aguardar o tempo. A neurologia depende muito das habilidades do neurocirurgião, dos cuidados de UTI, mas depende muito de condições individuais de cada pessoa", afirmou Jacobsen.

Ele segue internado na UTI "com uso de antibióticos, anticonvulsivantes e medidas para conter o aumento da pressão intracraniana."


"Ele vem recebendo todo o suporte em relação ao manuseio do edema cerebral e da pressão intracraniana. Então, hoje, o principal foco é o tratamento da pressão intracraniana do paciente. Para isso, ele se encontra sedado, popularmente dito coma induzido", explicou Thiago Romano, coordenador da UTI neurológica.


Ainda de acordo com Romano, não existe uma previsão de quando será possível tirar a sedação.





"O mais importante é a gente ter certeza de que a situação está controlada antes de começar a tirar a sedação. A gente entende que muitas vezes há uma ansiedade para esse momento de tirar a sedação, mas a gente entende também que parte do tratamento do Reinaldo agora é tempo".


Mingau foi baleado no sábado (2), quando estava em Paraty, no Rio de Janeiro. Ele chegou a ser internado no hospital da cidade fluminense, mas depois foi transferido para o São Luiz, na capital paulista, onde foi operado. O procedimento durou cerca de 3h30.


O neurocirurgião Manuel Jacobsen explica que um dos objetivos da cirurgia é o de prevenir infecções. Ou seja, ela foi realizada no domingo para remover do interior do crânio todo material estranho que possa se infectar e trazer problemas à saúde do paciente.


Filha pede orações

Isabella Aglio, filha do baixista afirmou em uma publicação no Instagram no domingo (3) que o estado do pai dela é delicado e pediu para fãs e amigos rezarem.

Em seu vídeo, Isabella apareceu emocionada e falou sobre a transferência do pai "Meu pai foi baleado na cabeça ontem, em Paraty. Na hora que eu soube, eu e minha família fomos para lá, tentamos trazer ele para São Paulo, e conseguimos trazer agora em uma UTI aérea. Ele está em um hospital qualificado, com uma equipe qualificada, ele está muito bem atendido", disse ela.



Depois de dizer que o estado de Mingau é delicado, Isabella pede para que as pessoas orem por ele "para que ele volte, que ele fique sem sequelas, rezem e olhem pelo meu pai, independente do que vocês acreditam".


No fim, ela agradece o apoio de pessoas que se mobilizaram para que Mingau pudesse ser transferido para São Paulo.





O que se sabe

Mingau chegou ao hospital, localizado na Zona Sul de São Paulo por volta de 14h de domingo. Ele foi transferido em uma UTI móvel de Paraty para São Paulo por um helicóptero dos bombeiros do Rio de Janeiro.


A troca de hospital ocorreu porque não havia neurocirurgião na unidade em que ele estava, no Rio. Em nota, o Hospital Municipal Hugo Miranda informou que o paciente deu entrada às 22h39 de sábado (2), com caso grave de ferimento por projétil de arma de fogo no crânio.


Durante a madrugada, a família e conhecidos fizeram buscas por aeronaves com UTI móvel para o transporte e não tinham conseguido.





Mingau foi baleado na cabeça quando passava de carro perto da Praça do Ovo, na Ilha das Cobras, em Paraty, no Rio de Janeiro.


Na segunda (4), a Polícia Civil do Rio identificou mais três suspeitos de envolvimento no ataque a tiros. Um homem de 29 anos tinha sido preso no dia do crime.


Um amigo de Rinaldo Oliveira contou à Polícia Civil que os dois estavam indo fazer um lanche, quando o carro em que estavam foi alvo de disparos.


Depoimento do amigo de Mingau para a Polícia Civil — Foto: Reprodução


À Polícia Militar, o acompanhante de Mingau deu outra versão: a de que ambos estavam indo comprar drogas, segundo o registro da ocorrência.


Segundo o delegado Marcelo Russo, da 167º DP, responsável pelas investigações, a região é dominada pelo tráfico e um conhecido ponto de venda de drogas. Após o ocorrido, o baixista foi levado ao hospital municipal Hugo Miranda.


De acordo com o site da banda, Mingau faz aniversário neste domingo. Rinaldo Amaral está no Ultraje desde 1999. A banda, no entanto, surgiu na década de 1980. Durante a carreira, o grupo emplacou diversos sucessos no cenário musical brasileiro, como "Inútil", "Ciúme" e "Nós vamos invadir sua praia".






0 comentário

Kommentare


2.png
bottom of page