top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Iron Maiden: Nicko McBrain revela ter sofrido AVC no início do ano

Baterista reconhece que sua performance não está 100% no momento, mas agradece por apoio dos fãs


O baterista do Iron Maiden, Nicko McBrain, revelou ter sofrido um AVC no último mês de janeiro. Mais especificamente, o músico teve um ataque isquêmico transitório (AIT), também conhecido como mini-AVC, indicando que o episódio não foi tão grave quanto poderia ter sido.


Ainda assim, McBrain reconhece que o problema de saúde pode ter afetado sua performance no início da atual turnê “The Future Past”. Em nota, ele agradeceu o apoio dos fãs e destacou estar trabalhando ao máximo para estar 100% bem fisicamente.



O texto diz:

“A razão pela qual estou escrevendo para todos vocês hoje é para informá-los sobre um problema de saúde muito sério pelo qual passei. Em janeiro tive um AVC, graças a Deus foi um menor conhecido como AIT. Isso me deixou paralisado do lado direito do ombro para baixo. Claro que fiquei muito preocupado que minha carreira tivesse acabado, mas com o amor e apoio de minha esposa, Rebecca e família, meus médicos, especialmente Julie, minha terapeuta Ocupacional, e minha família Maiden, consegui voltar para algo perto de 70% recuperado. Após 10 semanas de intensa terapia, estava quase na hora de começar os ensaios para nossa turnê. Sinto que é importante informá-lo sobre isso agora, em vez de antes, pois estava preocupado principalmente em fazer meu trabalho e me concentrar em voltar ao 100% de condicionamento físico. Ainda não cheguei lá, mas pela graça de Deus estou ficando melhor e mais forte com o passar das semanas. Obrigado a todos por uma turnê maravilhosa e mágica até agora, todos vocês foram incríveis.”

O empresário do Iron Maiden, Rod Smallwood, acrescenta:


“O resto da banda e eu achamos que o que Nicko conseguiu alcançar desde seu derrame mostra uma crença incrível e força de vontade. Estamos todos muito orgulhosos dele. Mesmo com esse set novo e musicalmente muito complexo para tocar, ele apenas abaixou a cabeça e se concentrou na recuperação. Sinceramente, não sabíamos se ele seria capaz de tocar um show inteiro até que os ensaios da banda começaram em maio e houve tanto apoio da banda para ele e um alívio genuíno para todos quando vimos que ele seria capaz de fazer isto! Nicko, sendo Nicko, não queria causar qualquer distração para a turnê na época, mas agora que ele tem certeza de que logo chegará lá, ele achou que vocês, fãs, deveriam saber diretamente dele, e não por rumores!”


Já em uma versão em vídeo do comunicado, Nicko reconheceu que sua performance atual ainda não chegou ao nível 100%, embora ele se sinta bem de saúde. O baterista ainda destacou que muitos fãs reconheceram que ele poderia não estar tão bem no momento, por isso optou por fazer o comunicado.



Iron Maiden e “The Future Past”


A turnê “The Future Past” está concluindo sua etapa europeia, com um show marcado para esta sexta-feira (4) no festival Wacken Open Air. A banda fará datas isoladas no Canadá, entre setembro e outubro. No dia 6 de outubro, será uma das atrações do Power Trip Festival, junto de Guns N’ Roses, AC/DC, Judas Priest, Metallica e Tool. Especula-se que o grupo venha à América do Sul no início de 2024.



Saúde de Nicko McBrain


Em 2020, Nicko McBrain lidou com outro problema de saúde: um câncer na laringe. O tumor estava em estágio inicial, o que facilitou o tratamento e a recuperação – o músico está em remissão atualmente. Ainda em 2019, ele notou que algo estava errado.


“Quando toco bateria com a banda, meio que grito enquanto toco, como um judoca batendo no tapete. Mas quando se está em uma deitado em uma sala quieta e fala e ouve sua voz em sua mente enquanto está resfriado, você soa diferente. Isso aconteceu comigo. Lembrava minha voz quando eu terminava um show ou uma turnê. Mas eu não estava resfriado, nem tinha sintomas de qualquer doença. Sentia que precisava limpar mias a garganta ao conversar. Então, resolvi ligar para o meu médico.”


O diagnóstico veio na sequência: câncer na laringe, estágio 1. O tumor foi removido com uma cirurgia na área afetada, apenas uma semana depois da doença ter sido constatada. O músico, em remissão, segue em consultas médicas periódicas para saber se o problema de saúde voltou – até agora, nem rastros.

“Recomendo fortemente que qualquer pessoa que sinta algo diferente em sua voz passe por uma consulta. Não adie. Foi muito bom para mim que o câncer tenha sido diagnosticado em estágio 1.”






0 comentário
bottom of page