top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Guns ‘N’ Roses: videoclipe de “November Rain” ultrapassa a marca de 2 bilhões de visualizações


É impressionante como determinadas músicas de Rock conseguem transcender suas épocas e se tornarem literalmente atemporais. Podemos mencionar clássicos do porte de “Stairway To Heaven” (Led Zeppelin), “Wind Of Change” (Scorpions), “Smoke On The Water” (Deep Purple), “War Pigs” (Black Sabbath) e “Bohemian Rhapsody” (Queen), entre tantas outras que alcançaram este patamar. Todas essas composições possuem um brilho próprio, uma história bacana e todas elas, invariavelmente, conquistaram milhões e milhões de pessoas com o passar do tempo.


Nesta semana, uma música do Guns ‘N’ Roses atingiu uma marca extremamente notável e, sem dúvida, já pode ser colocada no mesmo panteão das demais acima mencionadas. Me refiro a balada “November Rain”, lançada oficialmente em 1991, no álbum “Use Your Illusion 1”. A épica canção de nove minutos de duração alcançou uma marca assombrosa. O videoclipe de “November Rain” alcançou os mais de 2 bilhões de visualizações somente no Youtube. Você não leu errado, é isso mesmo, MAIS DE 2 BILHÕES de visualizações.


Obviamente, você conhece muito bem este clipe e sabe que ele trata da história de um rockstar problemático interpretado pelo próprio Axl Rose e o misterioso suicídio de sua esposa no dia de seu casamento. A esposa do clipe é interpretada pela modelo Stephanie Seymour, que na época era namorada de Axl. O clipe foi dirigido por Andy Morahan e a história foi escrita por Axl Rose. O guitarrista Slash comentou o seguinte sobre o vídeo de “November Rain”:


“Foi uma produção épica. Essa era mais a visão de Axl, eu não tive muito a ver com isso. Minha contribuição foi o que ficou combinado entre nós, eu escreveria minhas próprias cenas. No que diz respeito a cena em que eu deixo o casamento e faço o solo na frente da igreja, a maneira como o diretorAndy Morahan fez, eu pensei: ‘Esta será a última coisa que farei’, porque esses helicópteros voando diretamente sobre mim, eu ficava pensandso coisas como, ‘vai ficar legal isso, mas ainda bem que esse será meu último dia.’
Por ser uma produção tão elaborada e ser um tipo de cara do Rock mais despojado, eu ficava a todo momento pensando, ‘Oh, Deus. Pra que todas essas coisas!?’. Mas ficou incrível pra caralho. Agora, todo esse tempo depois, é mais como tirar o chapéu para Axl do que qualquer coisa. E vendo que o vídeo atingiu esse limite, fico realmente muito orgulhoso de ter participado disso. Eu sempre soube que era uma música legal, mas eu nunca conto com o ovo antes da galinha botar, nunca penso no quão épico ou quão grande pode se tornar, porque sempre que você sente que é muito bom ou muito grande, é quando a coisa toda vai na direção oposta. Você apenas vai lá e faz o que tem que fazer, você gosta da música no momento e onde quer que ela tiver que chegar, ela vai chegar independente do que você achar. Mas eu sempre soube que esta era uma música realmente ótima.”

Assista ao videoclipe:



0 comentário
bottom of page