top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Foo Fighters impede Noel Gallagher de ter 11º álbum no topo do Reino Unido

Esta é a primeira vez na carreira do ex-Oasis que um de seus discos de estúdio não estreia no lugar mais alto das paradas britânicas



O novo álbum do Foo Fighters, “But Here We Are”, primeiro lançado desde a morte do baterista Taylor Hawkins, se tornou o sexto da banda a chegar ao topo das paradas no Reino Unido.


Eles conseguiram essa façanha enfrentando concorrência acirrada de Noel Gallagher, cujo quarto disco solo, “Council Skies”, ficou na segunda posição. Os outros trabalhos do grupo de Dave Grohl a conquistar o topo foram “One By One” (2002), “Echoes, Silence, Patience & Grace” (2007), “Wasting Light” (2011), “Concrete and Gold” (2017) e “Medicine at Midnight” (2021).



Já para Noel, “Council Skies” marcou a primeira vez na carreira do músico que um de seus discos de estúdio não estreou no topo das paradas no Reino Unido. Todos os sete álbuns do Oasis e seus três trabalhos solo obtiveram tal marca.


Entre os recordes estabelecidos por Gallagher durante sua carreira que foram quebrados estão disco de estreia com a melhor primeira semana na história do Reino Unido – “Definitely Maybe”, superado em 2006 pelo álbum “Whatever People Say I Am, That’s What I’m Not” (2006) do Arctic Monkeys – e maior número de cópias vendidas no lançamento, com “Be Here Now”, superado no ano de 2015 por “25”, de Adele.


Foo Fighters de volta


O Foo Fighters está de volta à estrada com Josh Freese nas baquetas. O músico gravou e excursionou com nomes como The Offspring, Sting, Danny Elfman, The Vandals, Devo, A Perfect Circle, Guns N’ Roses, Paramore, Nine Inch Nails e Suicidal Tendencies, entre vários outros. Os compromissos incluem duas datas no Brasil, com shows em Curitiba e São Paulo (The Town) respectivamente nos dias 7 e 9 de setembro.



Além da perda de Taylor Hawkins, “But Here We Are” também homenageia Virginia, mãe de Dave Grohl, falecido poucos meses após o baterista. Em resenha para o site, Igor Miranda destaca:


“Cada faixa de ‘But Here We Are’, gravado com Dave Grohl também na bateria e produzido por Greg Kurstin (o mesmo dos dois últimos trabalhos), aborda a morte de uma forma diferente. A sensação imediata da perda, reflexões sobre o luto prolongado, considerações a respeito de como a vida será daqui para frente, decisão de seguir adiante, momentos em que lembranças são revividas. Está tudo aqui, em uma jornada de 10 passos.”






0 comentário
bottom of page