top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Flea pede desculpas após gritar com fã argentino em hotel




O Red Hot Chili Peppers segue em turnê pela América do Sul. Após cinco shows no Brasil, a banda tocou em Santiago, no Chile, e agora está em Buenos Aires, na Argentina, para duas apresentações no Estádio Monumental de Núñez – uma nesta sexta-feira (24) e a outra no domingo (26).


Vide a passagem por nosso país, muitos admiradores vêm buscando interações com os músicos para além dos palcos. Conforme o fã-clube RHCP Brasil, diversas pessoas passaram a noite tocando bateria e cantando músicas do grupo em frente ao hotel onde estão hospedados na capital argentina.



Ao tentar sair para uma caminhada, o baixista Flea acabou se irritando e gritando com um fã que estava do lado de fora do local. Chateado pela situação, o integrante pediu desculpas publicamente ao indivíduo pelo X/Twitter, escrevendo:


“Para o cara com quem gritei hoje quando estava tentando sair do hotel, sinto muito. Eu realmente pensei que poderia sair em paz e dar uma caminhada.”


Em resposta, um outro usuário “justificou” o ocorrido:


“Sem querer te sacanear, mas nós, pessoas normais, não temos muita emoção em nossas vidas. Quando temos, é porque trabalhamos duro para poder pagar uma semana de férias, então ver alguém que idolatramos é legal e traz um um pouco de emoção em nossas vidas.”

Então, Flea destacou que também é uma “pessoa normal”:


“Eu também sou normal e gosto de caminhar.”

Flea e as interações

Flea é bastante ativo nas redes sociais. Algumas interações chamaram atenção ao longo dos anos — como uma ocorrida em julho do ano passado, quando agradeceu a um fã brasileiro por não pedir foto a ele ao vê-lo.


O admirador, chamado Rômulo, publicou a mensagem abaixo:


“Ei, Flea, encontrei você em San Francisco. Sou um fã por toda a minha vida. Li seu livro e amei. Fiquei com medo de pedir uma foto, não queria lhe incomodar, talvez na próxima vez. Tudo de bom, saudações do Brasil.”

O músico respondeu de forma que pode surpreender os desavisados.


“Oi Rômulo! Agradeço por não ter pedido pela foto, é uma atitude gentil e altruísta nos dias atuais. Amor para você, meu irmão.”


Pouco tempo depois, uma outra conversa foi exposta na mesma rede social, o que levou a uma explicação mais detalhada de Flea em relação à repulsa por flashes. Tudo começou quando um fã chamado Luke postou um pequeno vídeo, feito à distância, de uma conversa que ele e alguns amigos tiveram com o baixista e o cantor Anthony Kiedis.


“Obrigado a você (e AK) por ser tão gentil e genuíno ao nos conhecer. Vocês dois são raios de sol. Não precisavam parar e conversar, mas o fizeram e espero que saiba que realmente impactou nossas vidas. Nós amamos você e AK com todos os nossos corações!”


O comentário levou outros fãs a destacar ser raro Kiedis parar para conversar, embora os outros membros da banda fossem bem conhecidos por fazê-lo. Luke respondeu:


“Uau, isso torna o encontro muito mais especial. Talvez ele tenha se sentido confortável naquele momento. Nenhum dos meus amigos nem eu pedimos foto, autógrafo ou qualquer coisa. Apenas conversamos, então talvez isso tenha a ver com a interação dele conosco.”

Foi quando Flea entrou na conversa.


“É porque todos vocês geraram uma luz bela, gentil e não pediram uma foto. Estamos sempre dispostos a conversar e interagir. Pedir uma foto estraga tudo instantaneamente.”



0 comentário

Yorumlar


bottom of page