top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Fãs se despedem de Sinéad O'Connor com canções, bandeiras e flores


(Sinéad O'Connor foi homenageada por fãs em Bray, na IrlandaImagem: Mostafa Darwish/Anadolu Agency via Getty Images)


Milhares se reuniram em frente à antiga casa à beira-mar de Sinéad O'Connor nesta terça-feira para se despedir da estrela irlandesa, alguns cantando sucessos tocados de uma van vintage, outros cobrindo o carro fúnebre com flores.


O'Connor, mais conhecida pelo hit de 1990 "Nothing Compares 2 U" e suas opiniões controversas, mas muitas vezes prescientes sobre religião, sexo e feminismo, morreu em 26 de julho aos 56 anos depois que a polícia a encontrou inconsciente em um endereço em Londres.



Pessoas se reuniram à beira-mar em Bray, ao sul de Dublin, e aplaudiram quando o caixão de O'Connor passou em um carro fúnebre. À frente, a van da Volkswagen foi enfeitada com uma bandeira do arco-íris e tocava "Natural Mystic" de Bob Marley em alto-falantes presos ao teto.



"Acho que ela teve a coragem de dizer muitas coisas que todos nós sentimos", disse Gemma Byrne, de 47 anos, que pegou um trem de 90 minutos da cidade de Drogheda para prestar sua homenagem.


"Ela representou nossa transição de um passado muito sombrio para um futuro esperançoso e estou aqui apenas para agradecer por estar comigo durante essa jornada e por talvez colocar palavras e expressões sobre o que eu sentia, mas não sabia bem como dizer."

Dois amigos de Byrne seguravam uma grande bandeira vermelha com os dizeres "Obrigado, Sinéad". Alguns subiram em locais mais altos para ter uma visão melhor e os moradores assistiram das varandas com vista para a praia.



A música de O'Connor foi tocada na van VW do lado de fora de sua antiga casa, que se tornou um ponto central para os fãs desde sua morte.


"Sinéad adorava viver em Bray e as pessoas de lá", disse sua família em um comunicado convidando o público a se reunir antes do enterro privado.


O presidente irlandês, Michael D. Higgins, e o primeiro-ministro, Leo Varadkar, se juntaram à família de O'Connor em um funeral privado, informou a emissora estatal RTE. "Com esta procissão, sua família gostaria de reconhecer o amor por ela do povo de Co. Wicklow e além, desde que ela partiu para outro lugar."








0 comentário
bottom of page