top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Dave Lombardo conta que tentou ultrapassar os limites da velocidade no início de sua carreira



O músico Dave Lombardo é uma das maiores lendas da história do metal extremo. Nascido em Cuba, Lombardo é o baterista original do Slayer e gravou clássicos imortais do thrash metal, como "Show No Mercy", "Hell Awaits", "Reign In Blood" e "South Of Heaven". Em atividade desde o começo dos anos 1980, o ícone das baquetas sempre chamou a atenção pela sua técnica e pela velocidade, como pode ser ouvido nas clássicas "Hell Awaits", "Angel Of Death", "South Of Heaven", "War Ensemble" e "Seasons In The Abyss".


O início da trajetória de Lombardo foi um dos temas abordados durante entrevista que o baterista concedeu ao site Stereogum. O ex-integrante das bandas Slayer e Testament contou que nos primeiros anos de sua carreira, queria ampliar os limites da velocidade e da técnica.



"Eu acho que na época eu estava forçando os limites. Lembro-me de dizer para [Jeff] Hanneman: ‘Tem que ser pesado! Tem que ser mais rápido! Muito mais rápido! Vamos tocar pesado!’. E acho que toda a mentalidade que tínhamos na época era apenas tocar mais rápido - fisicamente mais rápido, não mais rápido no computador como é hoje. Você tem a ajuda de diferentes softwares para fazer você soar como a porra do relógio perfeito do Big Ben. Naquela época, você tinha que estar no ponto. Não havia nenhuma faixa de clique (...).


Então, você sabe, as coisas eram muito primitivas naquela época. O que você ouve nesses álbuns é real. Foi uma execução humana real, sem a ajuda de qualquer fórmula de compasso gerada por computador ou qualquer coisa. Então, estávamos ampliando os limites e foi intencional", declarou o lendário baterista.



O primeiro álbum solo de Dave Lombardo, intitulado "Rites Of Percussion", foi lançado dia 5 de maio.










0 comentário
bottom of page