top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Corey Taylor volta a comentar eventual aposentadoria dos palcos: “Dor constante”


Corey Taylor. Crédito: Reprodução/Facebook


Corey Taylor voltou a comentar uma eventual aposentadoria das turnês dentro de alguns anos devido a problemas físicos de saúde.

Segundo o site Wikimetal, em junho, o vocalista do Slipknot calculou que teria cerca de “cinco anos para continuar em turnê” devido ao ritmo exaustivo das viagens e a qualidade de vida que ele encontra na estrada.


“Eu tento me cuidar. Vou pra academia sempre que posso”, comentou na época. “As viagens [na Europa] são exaustivas; a comida é horrível; então é difícil. Mas enquanto eu conseguir, eu quero continuar fazendo isso”.

Problemas de saúde causam “dor constante” em Corey Taylor

Recentemente, em entrevista ao Rock Feed, Corey Taylor voltou a comentar sua dificuldade em fazer turnês e revelou que está quase sempre sofrendo de “dor constante” devido a problemas de saúde.

“São meus joelhos e os meus pés”, explica. “Eu tenho um dedão quebrado em um dos pés. Tenho gota ao redor dos pés e isso acaba atacando minhas articulações… É difícil. Não sou tão ágil quanto costumava ser. Não tenho mais 35 anos. É difícil, mas existem maneiras de fazer shows que não exigem que você seja insano agora.”


Corey relembrou seu comentário de junho sobre ter cerca de cinco anos de turnê pela frente, mas garantiu que faz todo o possível para se cuidar, mesmo com todas as dificuldades.

“Ainda tem um punhado de coisas que eu quero fazer e que estou tentando fazer. Estou sendo proativo em relação a elas”, conta. “Mas assim que minhas ideias acabarem eu vou encontrar minha cadeira favorita e ganhar peso. É isso que vou fazer.”

Ele ainda voltou a comentar as dificuldades da vida na estrada, dizendo que mesmo “um cara como eu” não tem acesso a um buffet completo, “a melhor comida e as melhores pessoas” sempre.

“Às vezes só tem um sanduíche empapado às 00h30 e você pensa ‘Se eu comer isso, vou vomitar’,” revela. “Houve momentos em que nós saímos do palco, fomos direto pro aeroporto e pegamos um voo. Não dormimos até às sete do dia seguinte.”


“Para a nossa equipe é até pior porque eles precisam chegar, checar se está tudo certo, e só depois disso eles podem tirar um cochilo. Então não é tranquilo o tempo todo, é difícil. É trabalho duro.

Quem assumiria os vocais do Slipknot?

Quando comentou sua possível aposentadoria dos palcos pela primeira vez, Corey Taylor ponderou sobre o futuro do Slipknot e garantiu que ajudaria a banda a encontrar um novo vocalista, se eles quisessem seguir em frente.

“Se eles quisessem continuar e eu quisesse me aposentar, eu os ajudaria a encontrar alguém, para ser sincero. Essa banda sempre foi maior que a soma das partes”, refletiu. “Foi difícil continuar sem o Paul [Gray]. Foi difícil continuar quando nos separamos do Joey [Jordison]. Sempre é difícil quando os nove originais deixam de ser os nove originais, mas, ao mesmo tempo, os que continuaram estão aqui porque amam e nós sempre tiramos algo disso.”








0 comentário
bottom of page