top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Com palavras fortes, Serj Tankian critica pivôs da guerra entre Israel e Palestina: “parasitas”


Foto de Serj Tankian via Shutterstock


Nesta quarta-feira (11), Serj Tankian, vocalista do System Of A Down, se manifestou sobre a guerra entre a Palestina e Israel através de postagem no Twitter.


Ele, que há tempos se pronuncia sobre o longo conflito que acontece no Oriente Médio, compartilhou uma publicação do jornalista Sharif Kouddous, baseado em Cairo, capital do Egito, e deixou claro que repudia a guerra como um todo enquanto também apontou dedos para os verdadeiros culpados, em sua visão.


Ao retuitar um dos posts do profissional da imprensa, Tankian mostrou sua preocupação com o povo de cada um dos territórios e não poupou críticas aos pivôs da guerra:

Foda-se o Hamas. Foda-se o Netanyahu. Libertem o povo da Palestina e Israel desses parasitas.

Especialmente ativo em Gaza, o Hamas é o mais notável movimento islamista da Palestina, constituído de uma entidade filantrópica (dawa), um braço político e um braço armado.


Já quando o músico menciona Netanyahu, ele se refere ao Primeiro-Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, que ocupa o cargo desde Dezembro de 2022. É uma pena a gente carregar a certeza de que a paz ainda está longe de ser instaurada por lá!



Serj Tankian, do System Of A Down, condena guerra


Na publicação original que foi respostada por Serj, Kouddous destacava a dificuldade das pessoas em escapar dos confrontos que vêm acontecendo por lá:

Israel bombardeou a passagem da fronteira de Rafah pela terceira vez em 24 horas. Está fechada até novo aviso. Com um ‘cerco total’ por parte de Israel, esta era a única forma de levar suprimentos humanitários até Gaza e de permitir que as pessoas fugissem do bombardeio. O número de mortos em Gaza agora é de 830.

Vale lembrar que Serj Tankian, de 56 anos, nasceu em Beirute, no Líbano. Na manhã de hoje, o Ministério da Defesa de Israel informou que há brasileiros entre os reféns do Hamas em Gaza.


Estamos na torcida para que todos sejam libertados em breve.



0 comentário

Comments


bottom of page