top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

Andy Summers, Rodrigo Santos e João Barone, retornam em 2023 com os hits do The Police.


O baixista, compositor e cantor Rodrigo Santos e o lendário guitarrista inglês Andy Summers, do The Police, se conheceram no Rio de Janeiro em 2014, por intermédio do empresário Luiz Paulo Assunção, responsável pelo agenciamento de ambos. A partir daí iniciaram uma amizade musical que já se transformou em parceria e várias apresentações que mesclavam hits do The Police, do Barão Vermelho e da trajetória solo de Rodrigo Santos.


Em 2017 Andy Summers e Rodrigo, convidaram João Barone (Paralamas do Sucesso), um dos mais renomados baterista deste país para dividir o palco. Aliás foi o baterista quem sugeriu o título Call the Police. “Será uma oportunidade incrível poder tocar com uma lenda da guitarra, como Andy Summers, e com Rodrigo, que está surpreendendo na tarefa de cantar o repertório clássico do The Police. Muito além de qualquer coisa, fica o nosso imenso respeito e agradecimento ao Andy, Stewart e Sting, por tudo o que fizeram de bom pela música. A obra do The Police está no hall da fama do rock”, define Barone.


O repertório é recheado de hits como: “So Lonely”, “Every Breath You Take”, “Message in a Bottle”, “Driven To Tears”, Roxanne”, “Every Little Thing She Does Is Magic”, entre outras surpresas que o trio Summers/Santos/Barone, prepararam para a turnê. “É uma dádiva poder tocar e ser amigo de um ídolo de uma das maiores bandas da história. E esse cara está conosco, se divertindo, curtindo, querendo nos levar para vários países do mundo. Nos escolheu para sermos a turma oficial que vai rodar o planeta tocando The Police”, festeja Rodrigo.


Andy Summers – Um fã incondicional da música brasileira, ele já gravou e dividiu o palco com artistas como: Roberto Menescal, Gilberto Gil e Victor Biglione entre outros. Andy foi considerado um dos maiores guitarrista de todos os tempos pela revista Guitar Player. Ao lado de Stewart Copeland e Sting, ele fez parte de uma das maiores bandas de rock de todos os tempos, o “The Police”, com mais de 60 milhões de cópias vendidas e ganhador de vários Grammys.

Andy, já emprestou seu talento também a artistas como: Robert Fripp e o grupo The Animals. Em 2016 ele lançou o documentário “Can’t Stand Losing You”, que foi premiado por vários festivais de cinema pelo mundo, relatando a história da banda inglesa.


João Barone – Integrante e fundador dos Paralamas do Sucesso, começou sua carreira como baterista na banda, inicialmente considerada pela crítica musical como o The Police brasileiro, muito em função da maneira como João Barone emulava o estilo do baterista inglês Stewart Copeland. Em várias ocasiões Barone cruzou com os ídolos, como em 2007, quando Os Paralamas abriram para o show do The Police no Maracanã, e em 2011, no Festival PercPan, em São Paulo, quando o baterista brasileiro foi convidado a acompanhar Copeland em um show com um grupo folclórico italiano.


Rodrigo Santos – Depois de dedicar 25 anos como baixista do Barão vermelho, Rodrigo se desligou da banda em novembro de 2017, para dedicar a sua sólida carreira solo a frente da sua banda “Rodrigo Santos e os Lenhadores” e também a inúmeros projetos especiais. Ele já tocou com grandes nomes do rock brasileiro, como: Kid Abelha, Lobão, João Penca, Leo Jayme e Miquinhos Amestrados, entre outros. No final de 2015 lançou a biografia “Cara a cara”, escrita em colaboração com Roberto Pugialli, com prefácio de Roberto Frejat e depoimentos de amigos como Leo Jaime e Liminha. Rodrigo é considerado por Andy Summers, um dos maiores artistas com quem já trabalhou. Com 10 CDs gravados, o mais recente “Desacelerando” e dois DVDs, Rodrigo faz parte sem dúvida da história do Rock Brasileiro.


03 de Março de 2023 
às 21:00


Abertura da casa: 20h00 Ingressos: https://uhuu.com local: Teatro Bradesco – São Paulo/SP
Duração: 90 minutos.
Classificação: Livre. Menores de 14 anos, somente poderão entrar acompanhados dos pais ou responsáveis.
Crianças até 24 meses de idade que ficarem no colo dos pais, não pagam.



0 comentário

Comments


bottom of page