top of page
  • Foto do escritorLuan Radney

AC/DC divulga áudio de ensaio para show sem Phil Rudd



Banda diz que Matt Laug ficou responsável pela bateria; não se sabe se Rudd estará ausente também da apresentação, no festival Power Trip


O AC/DC divulgou nas redes sociais um trecho de um ensaio para o show no festival Power Trip, em Indio, na Califórnia, Estados Unidos. A apresentação — que marca a volta da banda aos palcos após sete anos — está marcada para 7 de outubro, enquanto o evento acontece entre os dias 6 e 8, com Guns N’ Roses, Iron Maiden, Judas Priest (ao lado do grupo australiano), Metallica e Tool.



A gravação apresenta um pouco da música “If You Want Blood (You’ve Got It)”, lançada originalmente em 1979 como parte do álbum “Highway to Hell”. Trata-se de um registro apenas em áudio.


Na legenda do post, chama atenção o fato de a banda ter sinalizado a ausência de Phil Rudd. O baterista foi substituído na ocasião pelo músico de estúdio Matt Laug (Alanis Morissette, Alice Cooper, Slash’s Snakepit). Não foi esclarecido se Rudd estará fora também do show ou se apenas não participou do ensaio.

“Ouça o ensaio dos meninos ‘carregando’ (em referência ao título do álbum mais recente, ‘Power Up’, de 2020) com (o baixista) Cliff Williams, que está saindo da aposentadoria para o festival, e Matt Laug na bateria.”


Vale lembrar que Rudd esteve fora da turnê mais recente do AC/DC, promovendo o álbum “Rock or Bust” (2014). À época, o baterista era acusado judicialmente de porte de drogas (da qual se declarou culpado) e planejar um assassinato (da qual foi inocentado). Chris Slade o substituiu na ocasião.



O vocalista Brian Johnson também ficou fora da maior parte da tour, pois enfrentava problemas auditivos. Axl Rose (Guns N’ Roses) ocupou sua vaga. Porém, o registro em áudio indica a presença de Johnson, além dos guitarristas Angus e Stevie Young e dos músicos já citados na legenda da publicação.


AC/DC e “Power Up”


Apesar de não ter sido promovido com uma turnê, “Power Up” chegou ao número 1 em 21 paradas internacionais, tendo vendido aproximadamente 1,5 milhão de cópias até o momento.







0 comentário

Commentaires


bottom of page